A janela

Uma mensagem pra você – 30 de junho de 2015

A gente fica tão bravo quando acontece algo errado na nossa vida, não ficamos? Ficamos furiosos quando nos sentimos vítimas da maldade de alguém ou quando um outro alguém consegue aquilo que a gente tanto deseja.

Mas, fica a pergunta: como culpar o vento pela desordem feita, se fui eu que deixei a janela aberta?

Você já parou para pensar nisso? Já parou para refletir que talvez o que esteja acontecendo na sua vida tenha sido justamente por um descuido seu.

Claro que temos que abrir a janela, observar a vida, deixar o sol iluminar a nossa casa. Mas, de vez em quando precisamos fechá-la. Se chover e a janela estiver aberta, vai molhar. Se vier um vendaval, pode ser que a cortina bata naquele vaso que você tanto gosta e ele simplesmente caia no chão.

O mesmo acontece com a nossa vida. Temos que nos manter abertos a ela, mas com certos cuidados. Você pode e deve se permitir experimentar coisas novas, mas jamais esqueça de olhar pra si e ver como você está. Não esqueça que o tempo pode mudar de uma hora pra outra. Não esqueça que o tempo passa muito rápido.

Temos que viver a nossa vida em sua plenitude, mas sem esquecer da cautela, do cuidado.

Se você prestar mais atenção em você e no seu mundo em volta, vai perceber que muita coisa que acontece com você foi causada por você mesmo.

Abra a janela para ver o sol, mas jamais esqueça que de vez em quando é necessário fechá-la.

 

Vídeo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s