O livro secreto, de Grégory Samak

Olá, antes que você inicie a leitura deste post, aviso que está cheio de spoilers. Então, se você não gosta de saber o que vai acontecer antes de se perder nas palavras do autor, pare de ler imediatamente. Agora, se você, assim como eu, não se importa com o final, mas sim que gosta de ser surpreendido pelo desenrolar da trama, seja bem vindo. Aproveito para convidar você, meu amigo leitor, a discutir este livro que me deixou um tanto intrigada.

Eu conheci  “O livro secreto” por acaso. Estava chegando a data do amigo secreto da firma e eu precisava indicar presentes para quem me tirasse. Como eu gosto muito de ler, resolvi navegar nos sites de livraria buscando algum livro de ficção. Sim, gosto de ler histórias que nunca existiriam na realidade, não vejo problema algum nisso em deixar a minha mente ser comandada por palavras fantasiosas.

Eu já tinha lido alguns livros com a temática nazismo. Passei por “A menina que roubava livros”, “O menino de pijama listrado” entre outros. Apesar do holocausto me chocar, sou daquelas que não consegue assistir qualquer referência aos campos de concentração que já choro e sinto enjôos, a leitura me chama. Talvez justamente porque minha memória pegue leve nas cenas mais tensas…não sei dizer…

Enfim, escolhi esta obra do Grégory Samak porque ele apresenta um personagem judeu que seria capaz de mudar a história da humanidade. Veja bem:o que você faria se encontrasse a biblioteca divina na qual está repletas de livros contando a história de cada pessoa que já viveu, vive ou ainda viverá na Terra? Mais magnífico que isso seria imaginar o que você faria se descobrisse que fosse capaz de alterar o rumo da vida de alguém, ou até mesmo mudar a história da humanidade?

São com estes questionamentos que conhecemos Elias Ein, um judeu que mudou recentemente para a Áustria para morrer em sua solidão. Elias, como a maioria dos judeus alemães, teve sua família exterminada durante o holocausto e carregou dentro de sim, a pergunta de como seria se Hitler simplesmente não tivesse existido.

Eis que, na ficção, ele tem a oportunidade de mudar a história. Ao tocar as letras do Livro Sagrado, ele nos leva a Alemanha pré-holocausto e nos mostra as suas tentativas de assassinato ao Hitler. Confesso que enquanto lia, o meu lado racional tentava sabotar o livro: como, como ele mudaria o rumo disso? Como uma ficção pode querer mudar o rumo de uma história tão trágica?  Mas, eu batia em minha cabeça que o autor poderia fazer a viagem que ele quisesse e que eu estava disposta a segui-lo.

Me lembrou um pouco daquele filme “Efeito borboleta”, sabe? Uma simples decisão que tomamos hoje pode influenciar todo o curso da nossa história. Nisso, o livro estava me prendendo bem. Enquanto o assassinato de Hitler não acontecia, estava muito interessante. As viagens que Elias fez ao passado, a mudança na vida de Sof, seu vizinho, me deixavam pregada no livro.

Até ele finalmente viajar para 1922, antes de Hitler ser o Hitler e matá-lo. A partir deste momento, senti que o autor se perdeu. Se perdeu na magnitude da ideia que ele mesmo construiu: O holocausto existiria mesmo sem Hitler?

A narração ficou acelerada, cortada e quase perdi o fio da meada da história dele. E o final do livro me decepcionou. Ele me fez acreditar que tudo tinha mudado e, por mais irreal que tenha parecido, eu estava feliz com a mudança. Afinal, estamos falando de um livro de ficção. Mas, seja por vontade dos editores ou do próprio autor, senti que houve um medo de brincar com isso e ele encerra o livro com uma situação política muito parecida com o holocausto: judeus sendo perseguidos, presos e exterminados.

Desculpe, Samak…errou ai. Por que tentar encaixar a sua ficção na realidade? Por que brincar de Deus e depois me justificar que os judeus tinham que morrer de qualquer forma?

Se a sua intenção era me deixar intrigada, parabéns, você conseguiu.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s