A rosa da meia noite, Lucinda Riley

Oba! Começo este post com novidades! Agora tem resenha em vídeo! Yeah!

Eu estava há um tempo namorando esta ideia, mas achava que precisava de todos os equipamentos profissionais do mundo para fazer isso. Mas e aí o tempo foi passando e ainda não tive dinheiro pra comprar tudo o que precisava…então..ia começar quando?

Carpe e diem! Vamos começar agora! No presente, é isso. Então, montei a câmera e gravando!!

Gostei da experiência.Claro que tem coisas a melhorar, mas isso é no dia a dia. O resultado tá aqui:

Agora vamos falar do livro?

“A rosa da meia noite” foi um daqueles livros que encontrei por acaso. Estava passeando numa livraria quando dei de cara com a capa. Eu nunca tinha ouvido falar na Lucinda Riley e muito menos no livro, mas sabe aquela coisa quando você fica hipnotizada? Pois é. Foi isso que aconteceu comigo.

Pouco tempo depois eu ganhei esta obra no amigo secreto de onde eu trabalho (Valeu, Gabriel!) e comecei a ler como quem não quer nada. Bastaram 20 páginas e eu me apaixonei.

Eu queria saber por que Anahita insistia em dizer que seu filho estava vivo. Será que ela é realmente uma velhinha gagá ou uma senhora muito sábia? Por que o seu neto Ari aceitava viver a vida do jeito que vivia? Será que quando estamos inseridos dentro de uma realidade não conseguimos ver que simplesmente paramos de andar pra frente?

E será que ter fama, poder e dinheiro é tudo o que queremos? Pois é…tá vendo como um romance mexeu comigo?

Imagino que a ideia da autora nem tenha sido despertar estes questionamentos, mas sim de nos mostrar como estamos todos dentro de uma rede e como a nossa história pode cruzar e até ter feito parte da história de um outro alguém que a gente nem conhece.

Ela une quatro gerações e três países. Cria uma história com fundos históricos que nos faz pensar que durante a Primeira Guerra Mundial as pessoas se apaixonam e tentavam ser felizes. Ao mesmo tempo ela mexe com a estrutura de cada personagem, nos convidando a seguir uma jornada rumo ao auto conhecimento. Tudo isso embelezado pelas paisagens da Índia e Inglaterra.

Super recomendo. Você vai se apaixonar. Estou na torcida que vire filme.

 

Leia mais aqui

 

 

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s