Apontar o dedo

Momento Paixão – 30 de janeiro de 2017

Você, por acaso, é daquelas pessoas que durante uma discussão adora colocar o dedo na ferida da pessoa amada?

É daquele tipo que joga todos os defeitos na mesa, aponta e fica cobrando mudanças?

Sinto-lhe dizer que o que você sente não é amor.

Pois é. Insultar não é amar.

A gente sabe que tem horas que a pessoa amada precisa ouvir o que temos a dizer, mas não quer dizer que temos o direito de gritar ou ofender. Pelo contrário, temos que ter todo o cuidado na escolha das nossas palavras. Sabe por que?

Porque esta briga que pra você pode ter sido boba, pode trazer mágoas profundas e até mesmo o término deste relacionamento. É isso que você quer?

Então, pense bem antes da próxima briga por aí.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s