Uma carta para a Lívia de 17 anos


Vi esta ideia no blog “Meu Manequim 40” de escrever uma carta para a Lívia de 17 anos. A ideia é escrever uma carta para você dez anos mais novo do que está. Aí pensei assim: adorei a ideia. Melhor ainda escrever isso no meu aniversário.   Então, vamos lá.

Nome: Lívia Di Bartolomeo Aguiar

Idade: 27 anos

Profissão: Produtora da Rádio Nativa FM de São Paulo

Lívia por Lívia: ariana brava, chata e sistemática. Escolheu comunicação como profissão, adora assistir filmes bobos e alguns sérios e não se incomoda de reassistí-los por muitas e muitas vezes. 

Oi, Livia de 17 anos sem acento. Eu sou a Lívia, você dez anos mais velha e com acento. Ah sim, é você mesma, Lívia. É que você vai descobrir quando casar que na sua certidão de nascimento havia acento. Calma, eu já chego lá, não se assuste.

Como você está? Se me lembro bem, você está no terceiro ano do colegial, namorando, estudando muito e preocupada se vai conseguir passar em jornalismo direto na Cásper Líbero sem precisar fazer cursinho. Algo em você dizia que iria passar por grandes mudanças e ah, minha querida, você passou mesmo. Saiba que eu ainda penso que a sua primeira melhor decisão da sua vida foi ter mudado de colégio. Disso não tenha dúvidas. Você foi muito esperta em seguir a sua intuição e sair daquela escola gigante e ir para algo menor, mas com qualidade infinitamente melhor. Parabéns! Eu sei o quanto você teve medo, mas arrasou, garota!

Ainda falando do colégio, você conheceu muita gente ai, né? Pois é, vários colegas e amigos bons que eu ainda tenho hoje. Sim, calma. A sua decepção dos 15 anos foi superada. Mas posso te dar uma dica? Você vai casar com um amigo seu! Uia! rs rs…e pensar que agora…dia 27 de março de 2004 você nem imagina que amigo é este…rs…mas ele tá já aí…estudando na sua sala…vocês se falam todos os dias…rs rs rs

E o vestibular? Ai…eu sei que você está mega nervosa e sente muito pressionada a passar logo, mas vou ter que te contar. Você não vai passar na Cásper Líbero. É verdade, você vai saber desta notícia quando estiver na praia com os seus pais e vai se sentir um lixo, incapaz porque você estudou muito. Mas, calma. Não era a hora. E você vai entender o porquê.

Você vai ser uma filha da PUC, sim. Vai conhecer o mundo ali. Vai andar de metrô sozinha, sair do bairro, conhecer gente nova de todo tipo. Ter contato com coisas que você jamais imaginou ver às 08h da manhã, mas a sua cabeça está no lugar. E para a sua alegria: vai conhecer duas amigas muito especiais e aprender a realmente dar valor aos estudos. Vai até fazer trabalho de domingo às 7h!!! Serão os 4 anos mais intensos da sua vida. Você vai desbravar a cidade e vai engatar um namoro com o seu futuro marido. Aquela sua ideia de que seria interessante ser amigo da pessoa antes de namorar, deu certo.

O seu sonho era trabalhar em uma grande emissora? Você vai conseguir, tá?! Mas não com o jornalismo.  Como assim? Você vai penar com o jornalismo. Vai ver que a sua vontade de trabalhar em TV e com vídeo será esmagada pelo jornalismo impresso e pela assessoria de imprensa. Não se fruste. Este será um dos seus diferenciais no futuro. Seus estágios serão todos em assessoria de imprensa, algo que você nunca pensou, mas fique tranquila. Isso vai te dar uma base muito boa das coisas.

Nesse período você vai conhecer e se apaixonar pela língua francesa e alimentar ainda mais o sonho de conhecer Paris. Aliás, com o seu primeiro salário de estágio você sabiamente vai começar a guardar dinheiro para isso. Você também vai conhecer cidades internacionais, antes de Paris, e vai se encantar. Mas não vou dizer onde. Descubra no tempo certo.

Você vai se formar desempregada, mas não se assuste. Você vai tomar mais uma decisão importante e fundamental na sua vida: estudar Rádio e TV. E voilà! A Cásper Líbero abre as portas pra você. Sim, você vai estudar na sua faculdade dos sonhos. E vai ser do jeitinho que você imaginou. Tudo! E ta dan! Vai entrar em uma grande emissora. Sim….e vai trabalhar com rádio! Opa…você vai se apaixonar por este veículo!

Quanto à sua personalidade, algumas coisinhas: seja mais paciente. Não espere muito dos outros, sabe? Não que o mundo seja cruel, mas não guarde mágoas e bola pra frente. O seu lado sentimental (de chorar por tudo) vai continuar forte, mas você vai se controlando. E quer saber? Não tenha vergonha disso. Nem todos são sensíveis e não ache que você é a pessoa mais chorona do mundo. Tem sempre alguém pior e melhor que você. A sua teimosia pode trazer bons frutos, se você souber usar. Na verdade, você soube…estou colhendo coisas boas por ter estudado demais. E ignore todos que falarem da sua risada, tá? Ria com vontade, sem medo de ser feliz. Porque a gente sabe que a nossa risada é sincera e vem do coração. Infeliz é aquele que não sabe sorrir.

Só te peço para mudar uma coisa: cuide da sua alimentação. Se não você vai engordar demais…tipo uns 14 kg…e entre logo em uma academia rs. Nos assuntos do coração,  eu disse que você vai casar, né? Sim, a Lívia de 27 anos já está casada há quase um ano. Quer uma dica de quem é seu marido? Olha aí o meu sobrenome rs.

A vida dá uma bela de uma reviravolta, muitas coisas acontecem, mas você se fortalece. E ah, você conhece Paris e atualmente tem vontade de morar lá rs. Agora eu estou aqui, aguardando a carta da Lívia de 37 anos para saber o que acontecerá comigo.  Enquanto isso, assim como você, vou curtindo cada instante e aprendendo com cada lição. E me conhecendo a cada dia mais. E ah! O mais importante: FELIZ ANIVERSÁRIO! Hoje o dia é nosso!

aniver

 

Ganhamos parabéns até do Google! google

Anúncios

Meta para meus 25 anos


Nessa coisa toda de ficar sem comer chocolate, de iniciar a corrida na esteira e ainda cuidar melhor da alimentação me faz querer estabelecer uma meta mais concreta. Em março eu faço 25 anos. Será que eu consigo chegar aos 60kg ou menos até lá? Digo isso contando com o aumento de massa magra também, né?! Aí..seria algo de 6 a 7kg em 3 meses. Hum…vou tentar!!! Afinal, foi 1kg a menos em menos de duas semanas…acho que dá sim!! Tenho que ter é MUITA disciplina.

Vamos à luta! Vou continuar com a Herbalife (me sinto bem com o shake, thermojects e o multivitaminas), mais comida saudável, litros de água e frutas..quem me acompanha?

Tchau, chocolate (3)


Domingo foi minha grande provação: Aniversário do irmão com direito a muito tijolinho e bolo de aniversário mesclado (chocolate branco e preto). Respirei fundo…e CONSEGUI! Passei ilesa pelo chocolate. E matei a minha vontade de doce com uma gelatina diet de uva! Nossa, tô muito feliz! Indo para o 8º dia sem comer chocolate!! Uhu! Faltam 19 dias!

24 anos!


Para muitas pessoas fazer aniversário pode ser um terror. Ainda mais quando você realmente percebe que depois dos 18 anos, os anos realmente passam mais rápido.

Tenho um amigo que me disse que a vida é como se fosse um rolo de papel higiênico. No início, você puxa o papel com uma certa força e ele gira mais devagar. Mas quando vai chegando ao final, ele gira mais rápido mesmo que você aplique a mesma força. É um exemplo simples e você pode até ter achado tosco, porém, faz sentido.

Meus 24 anos chegaram. Sabe que eu nunca tinha parado para pensar como seria ter essa idade? Eu lembro da ansiedade de chegar logo aos 18 porque poderia tirar carta de habilitação, estaria já na faculdade (de fato já cursava jornalismo na época) e já estava namorando meu noivo.

O que mudou de lá para cá? Bom, me formei. Sou jornalista diplomada, engordei uns kg, terminei o curso de francês, inglês e espanhol. Resolvi engrenar na segunda graduação (estou na metade do curso de rádio e tv já), passei pelo primeiro estágio, já arranjei meu primeiro emprego, voltei a estagiar, noivei, perdi colegas, ganhei colegas, conheci grandes amigos, cortei o cabelo, estou na luta para emagrecer, encontrei uma religião…

É…realizei um bocado de coisas quando colocamos assim depois de cada vírgula. Não me sinto velha, mas sim mais jovem. E olha que o corte de cabelo só reflete isso.  Não cortei para ficar com cara de menininha, cortei para se adequar ao meu sentimento com a vida.

Se me sinto realizada? Bom..tem algum ser humano satisfeito por aí? Estou feliz com a minha caminhada. Ainda tenho um tanto para aprender, conhecer, mas começo a me entender melhor. E saber olhar para si sem ter medo é um dos meus grandes objetivos de vida. 

O que eu espero dos meus 24 anos? Que sejam bons como todos estes anos têm sido.

Quero continuar trabalhando na área, curtir o noivado, semear as minhas amizades, cultivar a minha família, ler muitos livros (inteligentes e fúteis também), chegar a um peso que não me ache inchada, ver muitos filmes, conhecer um lugar novo e principalmente ter mais paciência comigo e com as pessoas. E continuar com o blog, é claro!