Circuito das Estações – Primavera


 

DCIM104GOPRO

Antes da largada!

No último dia 14, participei da terceira etapa do Circuito das Estações Mizuno. Organizada pela O2, são 4 provas em um mesmo circuito, no caso, na região do estádio do Pacaembu em São Paulo.

Novamente percorri o circuito de 5 km e estava muito na esperança de completar abaixo dos 38 minutos, mas não foi possível. Me senti obrigada a andar na subida antes do 3º km e também um pouco quando ainda faltavam 700 metros para terminar.  Mas, se formos comparar a etapa inverno, eu melhorei! E muito!

No dia 1º junho fiz este percurso em 43’06” e desta vez:

certificado

Tem a última etapa em dezembro e a meta é completar a prova abaixo de 36 minutos. Será que vai? Só treinando para conseguir.

Eu sinceramente achei esta prova mais vazia que as outras edições.  Me senti mais confortável para correr, mas ainda preciso melhorar e muito a minha habilidade para correr com a gopro rs (tremo muito). O que eu mais gosto de participar das corridas de rua é que sei que o meu maior desafio sou eu mesma. Lutar contra a autossabotagem (dá vontade de desistir em todas as vésperas de prova), contra a preguiça de treinar…eu também aprendo a ouvir o meu corpo, prestar atenção em como estou respirando e percebendo que seguir em frente só depende de mim e mais ninguém. Por mais assustador que isso possa parecer, é bom poder vencer a si mesmo. É uma guerra difícil, às vezes perco algumas batalhas, às vezes venço, mas o importante é que nunca devo desistir.

foto1

Eu num momento bom de pique totalis

 

foto2

Pela minha cara de esgotada dá para perceber que não deu rs, mas fui até o fim e completei a prova.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Termino este post com (o tradicional?) vídeo da corrida.

[youtube:http://youtu.be/oTIff1SaASA%5D
Anúncios

Circuito das Estações – Etapa Inverno


Pré prova

O mês de junho não poderia ter iniciado melhor. Hoje foi a segunda prova do Circuito das Estações da Mizuno, etapa inverno, realizada na região do estádio do Pacaembu.

Fazia muito tempo que eu não treinava e eu sabia que teria que pegar leve. Foi super difícil acordar cedo, mas marido e eu fomos firmes e fortes. Chegando lá, sentimos que a prova estava menos “cheia” que a edição anterior e uma chuva, que começou com garoa, apertou e sumiu, de uma assustada, mas já que estávamos ali, iríamos até o fim.

A novidade desta vez é que levei a câmera para filmar o percurso e o resultado você pode ver agora, dá o play aí

O meu tempo oficial líquido foi um pouco abaixo de 44 minutos. Bem fraco, eu sei. Trotamos o percurso inteiro a uma velocidade média de 7,3 km/h. Tudo bem, o importante é que não andamos em nenhum momento.

Senti a organização desta etapa melhor. Os pelotões foram melhor divididos e não largou todo mundo ao mesmo tempo e isso evitou o que senti na hora prova: forçada a andar por falta de espaço.

Correr ao lado do marido é uma das melhores sensações do mundo. Fiquei muito feliz que ele quis ir no meu ritmo. Diria que hoje foi praticamente um treino regenerativo e, quem sabe, não me dá forças para voltar ao foco?!

 

Melhor companhia, impossível Medalha

Certificado

Circuito das Estações Mizuno – Outuno


No último dia 16 de março eu participei da primeira corrida do pacote Running Pass da O2 corrida (saiba sobre o Kit aqui). Foi a Circuito das Estações Mizuno, etapa Outono.

Esta foi a primeira das quatro provas do circuito. O percurso é o mesmo e achei que seria interessante porque daí vemos a nossa evolução na corrida mesmo a cada dois meses. O kit é lindo de viver:

1kit_basico

Camiseta de Poliamida, mochila de pano, toalha de rosto, lata personalizada e a medalha.

Pontos positivos do kit: veio bem recheado e podia retirar em mais de um dia.
Pontos negativos do kit: o chip da corrida é retirado apenas no dia da prova e a camiseta solta uma tinta lascada na hora de lavar.

Mas vamos falar agora da prova:

Eu já havia corrido em algumas ali na região do Estádio do Pacaembu: Circuito do Sol e a Meia Maratona de São Paulo, mas nunca vi uma prova tão lotada quanto esta. Lotada de tendas de corrida e lotada de gente. Mas tipo, lotada mesmo!

Fui querer respeitar o meu setor (verde, o penúltimo) e me lasquei. Muita gente andando em batalhões e tinha vários momentos que  a pista era apenas uma faixa de carros e você se sentia forçado a andar porque nem dava para escapar pelas calçadas. Infelizmente, não foi uma prova que pude testar o meu tempo por causa das pessoas andando. Fiquei muito decepcionada. Aquele povo lá que bate palmas pra te animar bem que tinha que orientar quem quisesse andar a ficar na direita, igual deveria acontecer com carros.  Para completar o pânico, quando encerrei a prova, estava a maior muvuca do mundo para retirar a medalha. Uma fila gigante e quase sem orientação.  E todo mundo parado! As frutas estavam horríveis de feias e nem tive coragem de pegar. Água, praticamente sem gelo porque não davam conta de repor e gelar a tempo.

É uma prova relativamente cara e pelo que andei pesquisando a cada ano está mais lotada. Pelo que andei lendo estava mais calmo para correr os 10k (fui na de 5). E já me avisaram: se prepare que todas são assim.

O que vou fazer? Vou chegar muito cedo na próxima prova e largar atrás do pelotão e corro pela direita. Aí os melhores me passam, mas não sou atrapalhada por quem quer andar.

Se você está lendo este post e nunca correu, uma dica: vai, amigo. Mas se sentir a necessidade de andar, fique na direita. Não atrapalhe os outros.

O meu tempo oficial foi este abaixo. Mas sei que eu era capaz de ter completado abaixo de 36 minutos.

outono

 

 

IMG-20140316-WA0000

Marido e eu pós-prova

A minha próxima corrida é a Night Run, dia 12/4 e espero que seja mais tranquila do que esta.

Meta de 2014 – Corridas de rua


Fiz um post dizendo que uma das minhas metas em 2014 era participar pelo menos de 4 corridas de rua. Pois bem, graças a um amigo de trabalho, conheci o Running Pass da O2.

A O2 é uma organizadora de corridas de rua e ela lançou este pacote que dá descontos para as provas de 2014. Existem vários combos: Circuito das Estações (4 provas), Série Delta (3 provas) e também a possibilidade de montar seu próprio combo com até 8 corridas. Os descontos podem chegar até 45%. Não são todas as cidades do Brasil que têm isso, apenas São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza e Campinas.

Quando vi isso, conversei com o marido e vimos que esta é uma oportunidade perfeita para nos comprometermos a correr na rua e não parar de treinar. Escolhemos o pacote de 6 corridas (pegamos as 4 estações, night run e a eco run), todas em 5 km com o objetivo de diminuirmos o nosso tempo (e aproveitando que estamos há muito tempo sem correr). A primeira já é em março, ou seja, temos um pouco mais de 2 meses para voltar a correr direitinho.

Fiquei feliz também porque de cara já vou cumprir a minha meta de correr na rua, aliás…vou até ultrapassar rs…e também veio o incentivo de não parar de correr mesmo. E quem sabe já bato a minha outra meta de correr 5km em menos de 30 min? ***sonho***

Bora lá! Quem vem junto?