Como mudar o corpo em apenas 15 dias?


Chegou a hora de saber como mudar o corpo em apenas 15 dias. Por acaso, você já se perguntou quanto tempo leva para começar a emagrecer?  Ou melhor, quer saber quando vai começar a ver os resultados da sua nova dieta? Pois chegou ao lugar certo.

Antes de mais nada, calma! Você não engordou da noite para o dia e justamente por isso que não vai chegar ao seu peso ideal num piscar de olhos, mas o desafio de 15 dias nasceu para te mostrar que em apenas duas semanas de novos hábitos, você é capaz de emagrecer.

Mas como vou mudar o meu corpo?

No programa você terá acesso a coach personalizado que irá ver as suas necessidades calóricas e nutricionais para gerenciar o seu peso. Além disso, você será avaliado com biompedância toda semana para acompanhar a sua evolução que, acredite, irá acontecer com o uso da suplementação nutricional e ajustes na sua alimentação. Dicas de exercícios físicos também estão inclusas.

O nosso atendimento é individualizado, mas também oferecemos pacotes em família ou grupos porque sabemos que em comunidade a jornada se torna mais fácil e prazerosa.

Você pode mudar o seu corpo a partir de agora. Só depende de você.

Venha conhecer o nosso Espaço de Vida Saudável ou agende sua visita à domicílio pelo WhatsApp.

Onde estamos?
Rua Capitão Otávio Machado, 1.153- Chácara Santo Antônio, São Paulo – SP.Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 11h30 às 14h30.
Informações 11 98679-154
Curta a nossa página no facebook e nos siga no Instagram!

Desafio dos 21 dias


Quer emagrecer e ainda ganhar R$ 1.000,00?

Esta é a proposta do Desafio 21 dias!
As vagas são limitadas e esgotam muito rápido. Vem pro desafio!

O que está incluso?

Acompanhamento Personalizado de Coach;
Rotina Alimentar;
Grupo Motivacional;
Lista de Compras;
Livro de Receitas FIT;
 Festa de premiação

Bora? Comente eu quero que entramos em contato! Ou já nos chame agora no whastaspp para garantir a sua vaga! 📲https://goo.gl/UxPPzY

Desafio 21 dias

Diário da RA – Dia #20


Minha nossa! Um mês nunca demorou tanto para passar rs…acho que é a ansiedade de tirar as medidas e ver quanto fui capaz de eliminar durante 30 dias. rs rs

A cada dia, parece que o desafio aumenta, sabe? As vontades começam a cutucar a gula e tenho que me segurar muito para não desandar.

Data: 21.01.14

Café da manhã: Shake de chocolate cremoso da Herbalife + Leite desnatado com chia

Almoço: alface, cenoura crua ralada, croutons, peito de peru defumado e queijo branco.

Pré  treino: sanduiche de peito de peru com queijo branco.

Pós treino + jantar: shake de chocolate com herbalife 24 houra rebuild Strenght.

Lanche: baguete com requeijão do Rei do Mate (jaca) + Suco de morango com água sem açúcar.

Diário de RA – Dia #19


Olá,

Segunda-feira, dia universal da dieta…rs rs

Vamos lá:

Data: 20.01.14

Pré-treino:
Granola com leite e 400 ml de NRG.

Pós-treino + Café da manhã: Herbalife 24 hours Rebuild Strenght + Shake de chocolate cremoso no leite desnatado.

Almoço:
Arroz, pepino, beterraba, frango grelhado, um pedaço pequeno de torta, um minusculo pastel e uma mini coxinha (ixi). Sobremesa: Frozen yorgurt de morango.

Lanche: 1 pão de queijo

Jantar: alface, milho, arroz 7 grãos e frango grelhado. Sobremesa: melão.

Água: 2, 5 litros.

Diário da RA – dia #18


Olá!

Domingão e eu resolvi tirar o dia off para relaxar em casa e (tentar) fazer as minhas próprias unhas rs rs

data: 19.01.2014
Café da manhã: shake de chocolate cremoso batido com linhaça no leite desnatado, mais 400 ml de NRG da Herbalife.

Almoço: Hambúrguer grelhado, 1 ovo cozido e um pouco de macarrão parafuso.

Jantar: 1 pizza 4 queijos.

Lanches: uma banana pequena congelada e pipoca (quase sem olho e sal para matar a vontade).

Água: 1, 5l

 

Diário da RA – Dia#9


Olá, tem gente que diz que a cada dia a reeducação alimentar vai ficando mais fácil, mas de verdade, acho que ainda estou na fase hardcore onde dá vontade de comer tudinho que vejo pela frente. É uma luta constante dentro de mim para não comer besteira e me regrar na atividade física.

A luta é tão grande que hoje perdi a hora e o treino e tive que deixar para de noite, horário que a academia fica lotada e tem que dividir aparelho (fuen).

Data: 10.01.2014

Café da manhã:
400 ml de NRG da Herbalife + 250 ml de leite desnatado batido com shake da Herbalife de morango e uma colher de sopa de chia.
Jaca: cheguei na rádio e comi um pão de queijo. Fuen!

Almoço:
Duas fatias finas de picanha sem gordura, muita rúcula, alface, dois sticks de cenoura cozida, dois sticks de beterraba cozida, meia bola de mussarela de búfala, um ovinho de cordona, um mini pão de alho, queijo coalho (não resisti), um batonete de kani e casquinha mista da gelateria parmalat (jaca). O prato pesou 290 g. Vou confessar que me “liberei” um pouco pra me forçar a correr à noite…(ridícula eu, eu sei)

Seria mais bonito se não houvesse o queijo e o pão...

Seria mais bonito se não houvesse o queijo e o pão…

Pré-Treino:
Sanduíche de peito de peru com queijo branco no pão de forma integral  e BCAA

Pós treino e jantar:
Whey + shake de morango herbalife com leite desnatado.

Água: 2,25 litros. Preciso aumentar esta quantidade…

Diário da RA – Dia #5


E hoje é o dia universal do início da dieta, do regime, da reeducação alimentar. Vou confessar que iniciei numa quinta-feira para ver se o carma da desistência deixa de me perseguir rs rs

Data: 06.01.2014
Café da manhã:
400 ml de NRG da Herbalife + 1 multivitaminas + 1 fibra (pra desintoxicar do churrasco de ontem) e Shake de baunilha com leite desnatado.

Almoço:
Dois ovos cozidos, 80 gr de arroz branco e muito alface. Ainda vou comprar mais salada para variar rs…

Lanches:
1 pêssego, 1 maçã, 1 pêra

Pré treino:
BCAA e pão na chapa com manteiga e um café com leite desnatado (podia ser melhor, né? rs)

Pós treino:
Whey com água.

Jantar: Shake com leite desnatado.

Água: 2,5 litros. Ainda quero aumentar esta quantidade.

Jaca do dia: o pão na chapa, mesmo com as calorias abaixo da recomendada do dia.

Rumo ao 6º dia! No sétimo, tem pesagem oficial. Ai.

Diário da RA – Dia#4


Em quase todas as dietas que tenho feito, eu fazia a besteira de acreditar que domingo era o dia livre. Bobinha, né? Já fui em várias nutricionistas e todas me diziam a mesma coisa: escolha uma refeição (refeição e não dia) para comer o que quiser.

Este domingo, especialmente, foi dia de almoçar na casa da mamis e quem a conhece, sabe que ela cozinha maravilhas, tanto saudáveis quanto engordativas. Como será que me saí? Lembrando que hoje foi dia off de academia (vixi)

Data: 05.01.2014

Café da manhã:
400 ml de NRG da Herbalife, + 1 tablete de multivitaminas + 1 tablete de Fiber & Herb.

Almoço:
Churrasco! Vixiiii…..foi muito difícil. Mas comi alface, macarrão bifun, queijo coalho e pão com alho. E picanha, sem gordura.

De sobremesa: salada de frutas. Hoje eu me venci. Na madrugada, um amigo fez aniversário e acabei comendo um pedaço de bolo, então minha cota de doce e chocolate já havia terminado.
Para a abertura minha luta, mamãe fez um doce que há anos não fazia: pavé de sonho de valsa e ouro branco.

Minha nossa!!!!!! Eu babei naquilo, mas consegui dizer não. Claro que a família riu, mas confesso que quase caiu uma lágrima rs… Eu me senti muito bem, sabe? De ter me vencido..que seja assim sempre.

Jantar:
Quase nem jantei, mas pensei nos nutrientes e bati o shake com leite desnatado.

Lanches:
Duas fatias de melão

Jaca do dia:
1 pedaço de bolo da sodiê (me arrependi porque não estava assim tão bom rs)

E como foi o seu domingo?

Diário da RA Dia #3


Vixi, chegou o final de semana. Eis os dois dias que costumo colocar tudo a perder. Todo o esforço da semana costumava se perder e junto com ele o foco.

Vamos começar pelo dia #3, sábado dia 04/01/2014.
Acordei umas 10h e pouco e de pré-treino fui com granola e leite desnatado. Fui para academia e voltei mais ou menos 13h30. Bati o Whey com água porque sabia que já iria almoçar.
Almoço: um mega omelete com dois ovos e queijo muçarela. De sobremesa: granola, chia e leite desnatado.
Jantar: dois sanduiches de queijo muçarela no pão light 10 grãos da wickbold com uma colher de sopa de maionese hellmans.

Hoje o consumo de carbo foi baixo e consumi muita gordura e proteínas, deve ser por isso que me senti cansada.

Lanche: 4 bolachas nesfit de cacau.

Água: 2 litros.
Beber mais água e equilibrar carbo, gordura e proteína.
Simbora!
Como foi o seu sábado?

Pensando bem, eu TAMBÉM prefiro ser magra!


Este post é dedicado à minha leitura do livro “Pensando bem, prefiro ser magra”, da Camilla Pires, autora do blog pensandomagro.net no qual ela conta como emagreceu mais de 20kg.

Antes de entrar no âmbito do livro, quero falar como conheci o blog dela. Acho que, como toda mulher, eu sempre fui encanada com o peso. Tudo bem que nunca fui obesa, mas sempre tinha aquela coisa de “ah, queria emagrecer mais alguns kgs”, mas de uns anos para cá eu percebi um aumento de peso forte na minha vida.

Tudo começou quando entrei na faculdade de jornalismo. Sim, a rotina mudou. Até então eu ia para a escola a pé, fazia aula de educação física etc. Olhando as minhas fotos, realmente eu não era assim gordinha, estava até no peso considerado normal, mas tinha aquela barriguinha de tanto comer porcarias.

Com a faculdade a balança foi subindo. Ainda mais quando comecei a estagiar. Tive os meus primeiros trocados e gastava quase tudo em comida: café, pão de queijo, chocolate, o famoso pastel da PUC às terças de manhã…saídas com o namorado sempre envolviam gordices. Terminei jornalismo com quase 60kg. Para os meus 1,59 m ainda era considerado normal, mas estava ficando incomodada.

A coisa piorou quando entrei no curso de rádio e tv à noite e passei a trabalhar em período integral. Comecei a engordar muito e no ano de 2011 eu descobri o blog da Camilla enquanto procurava no google algumas dicas de como emagrecer. Eu li o blog dela muito rápido e percebi que a saída era reeducação alimentar. Mas eu fui teimosa e tentava dietas doidas, do tipo de ficar sem comer, mas na semana seguinte atacava o Mc Donalds. Ou pior, comia regrado um dia e detonava no outro. Cadê a reeducação? Sei lá onde ela andava…

Fui em médicos, fiz exames e só via a minha saúde indo para o saco. Eu tentava emagrecer, mas a força de vontade ia embora rapidinho. Era emagrecer 2kg que voltava a comer como uma porca.

O resultado? Iniciei 2013 com 70,1kg! O maior peso que tive na minha vida.  E pra completar estava no que chamam de sobrepeso. Nem fiz a minha avaliação física na academia porque eu sabia que a gordura estaria gritando “achei você, achei você”.

Foi um choque tão grande entrar na casa dos 70 (tenho 1,59m) que dei um basta. Estou com casamento marcado e não quero olhar para o meu álbum e me ver gordinha. Sem contar que estou no melhor momento da minha vida, por que ficar deprimida com um corpo que sinto vergonha? Por que ficar chateada que tem gordura saltando da calça? Por que ter vergonha de usar biquini? Por que não posso correr de shorts senão as coxas assam?

E eis que a Camilla lança o livro “Pensando bem, prefiro ser magra”. Obviamente que comprei. Mas antes de começar a ler, eu já tinha enfiado na minha cabeça que EU precisava mudar. Não adiantava culpar a minha mãe pelas deliciosas gordices que ela prepara, ou pelo brownie com sorvete que a lanchonete vende ou pela infindável quantidade de frituras à minha disposição e muito menos brigar com o noivo toda vez que fôssemos comer fora de casa. A mudança tem que ser minha. Partir de mim e de mais ninguém. O mundo não conspira contra mim, eu que conspirava contra mim mesma.

Aos 28 dias após largar a fritura, fugir dos doces e evitar qualquer coisa que poderia ser ruim para o meu emagrecimento, tomei coragem para ler o livro. Digo coragem porque eu sabia que seria um tapa na minha cara.

E foi! Ler o livro dela foi quase como me ver ali. Sim, temos histórias diferentes, mas os motivos para engordar e fingir que aquilo não estava acontecendo comigo, foram os mesmos. As desculpas para não emagrecer, as mesmas. As dificuldades emocionais na adolescência, também. É um livro muito fácil de se identificar, ainda mais quem quer emagrecer.

Eu sempre quis emagrecer, mas será que queria mesmo? Foi essa pergunta que me passou pela cabeça enquanto lia. O que eu fazia para mudar a minha atitude? Nada! Qual era o meu foco? Onde estava a minha força de vontade? Percebi que não tinha o “meu motivo forte” para querer mudar.

Ela passou pela morte do pai e deu a volta por cima. Eu tenho o meu pai, lindo ao meu lado. Eu precisaria de um baque desse para acordar pra vida? Não! Não é possível! Eu preciso acordar antes.

Eu comecei a minha reeducação alimentar no dia 2 de janeiro de 2013, inicialmente pensando no vestido de noiva, mas já estou sentindo que dentro de mim está nascendo uma força maior: a de ser saudável. E o meu desejo para 2013 é esse: saúde!

Quem me conhece de perto ainda fala que não estou assim tão gordinha. Mas eu me sinto um balão e sei que dentro de mim as coisas não devem estar assim tão lindas. Este livro me deu o chacoalhão que eu estava procurando.

Agora, falando do livro:

É uma delícia de ler. Parece que ela está sentada na sua frente contando a vida dela. É uma linguagem simples, de mulher para mulher, um depoimento sincero de uma pessoa que está na sua luta e que vê a luz no fim do túnel. É um ser humano comum falando dela mesmo. Existe algo mais verdadeiro do que isso? Algo mais fácil de se acreditar? Por isso que o blog e o livro são sucessos.

Tive que concordar com muitas coisas que ela escreveu ali, principalmente com a parte da aceitação social. Pra mim, tudo aquilo é verdade. Sim, eu acredito que as pessoas mais saudáveis são melhor aceitas pela sociedade, mas digo isso porque elas mesmas se aceitam.  O gordinho que se sente incomodado, fica acuado, o saudável não tem medo de ser feliz. E eu? Quando vou começar a me aceitar? Preciso mudar a minha mente, a começar a pensar magro.

É uma grande lição: nós podemos mudar sim! Só cabe a nós mesmos. Resolvi mudar. Pode demorar para eu chegar ao meu estado físico imaginado, mas o segredo é não desitir. Reeducação alimentar é todos os dias, toda hora, cada segundo da minha vida. O segredo para dar certo? Encontrar o seu foco! E espero ter encontrado o meu.

Por isso que eu também prefiro ser magra.

1 mês e keep counting!


Hoje faz exatamente um mês que decidi mudar meus hábitos alimentares e também a colocar meu corpo para funcionar melhor.  Eu tinha estabelecido emagrecer 11kg até julho de 2013 e nunca mais engordar.

A caminhada, ou melhor, corrida, não foi fácil não. Tive que abidcar das coisas gordinhas, dizer não a muitos chocolates, lanches e qualquer coisa que nos deixa instantaneamente feliz, mas que me arrependia de comer depois. Ao contrário da maioria das garotas que iniciam uma reeducação alimentar, eu fugi da dieta de 1200 kcal. E explico por que.

Jura mesmo que uma pessoa que ingeria mais de 2 mil iria aguentar muito tempo reduzir assim drasticamente? Eu sei que não. Porque eu já fui em uma nutricionista que tentou me passar uma dieta dessas, mas eu morria de fome e acabei desistindo 15 dias depois. Desta vez, resolvi fazer algo entre 1500 e 1800 kcal. Sim, pode ser alto ainda, mas já era uma diminuição do que eu vinha ingerindo. E como todo mundo fala que é melhor emagrecer gradualmente para não ter o efeito sanfona, resolvi tentar.

Isso significou também que os meus resultados podem sim demorar para aparecer, digo os resultados na diminuição do número da calça e o peso na balança. Mas, sinceramente, tem sido assim, mais “fácil”. A fome está mais amena porque como bem e o aplicativo “Nutrabem” tem me ajudado muito! Ele calculou sozinho essa meta calórica (de 1500 a 1836) baseado no meu peso, idade e altura e com isso ele previa que eu emagreceria 2kg por mês. Mas ele não é só um contador de calorias, ele divide os alimentos em grupos e me fala quantas porções de cada um eu devo comer. Por exemplo: de 4 a 5 porções diárias de hortaliças, de 3 a 5 porções diárias de frutas, de 0 a 2 porções semanais de doces e por aí vai.

Aí começou a cair a ficha que os 1500 ou 1800 kcal são meio ilusórios…porque não adianta eu deixar de jantar e comer uma barra de chocolate que contenha as calorias para a minha janta que vou emagrecer. Não, ele te ajuda a tomar consciência de que eu devo comer as coisas certas. Vou confessar que raramente eu bati todas as metas que ele me manda, mas vejo que quanto mais eu cumpro, mais coisas saudáveis eu como e mais satisfeita (de barriga cheia) eu fico. Está sendo uma experiência bem interessante.

Quanto aos exercícios, eu fiz também o que a maioria não faz. Eu deixei um pouco a musculação de lado. Explico: toda vez que eu inicio academia, eu ganho peso. Sim, massa magra. Da última vez que medi eu tinha quase 46kg só de massa magra, ganhei 5 em menos de 4 meses. Foi algo meio surreal. Por isso, resolvi focar no aeróbico antes, ainda mais que tenho pouco tempo para malhar na semana.

Escolhi a corrida como minha aliada. Por que? Você já viu algum corredor gordo? Ta dám!! Eis a minha justificativa. Quem tem acompanhado o meu blog sabe que estou dando os primeiros passos e tomando o maior cuidado com os joelhos. Durante o mês de julho, eu peguei muito pesado. Indo de 5 a 6 vezes por semana, mas agora com a volta às aulas e ainda sendo o último semestre, vou ter que diminuir o ritmo. A ideia inicial é ir de segunda, quarta, sexta (se der), sábado e domingo. E ainda quero correr meus 5k em 30 min. Quem me segue no instagram, face e twitter tem visto que posto sempre que corro uma foto com o tempo que fiz. Alguns amigos até me zuaram falando que só tiro foto do tênis e tal…mas não me importo. Estou buscando dentro de mim a força de vontade que preciso para me vencer. Voltar a um peso saudável. Claro que conto com o apoio de gente que gosto muito e também de um grupo que faço parte no Face chamado #pensandomagro. Ainda leio o blog Pensando Magro e comecei a ler o livro que tanto ajudou a Camilla Pires.

Em 30 dias eu corri 108 km no total. 18 horas, 16 minutos e 49 segundos. Queimei (segundo o app Runstatic) 9.138 kcal. Minha primeira corrida foi feita em  43’47” e a de hoje em 37’47”. Consegui diminuir 6 minutos e sei que para correr em 30min preciso correr 1k em 6 min. Atualmente a minha velocidade média é de 7’33” min/km.

Enfim,tantas mudanças e o dia da pesagem chegou. Eu estava um pouco apreensiva, mas o resultado foi mais que satisfatório. Em 30 dias eu eliminei 2kg da minha balança e 9 cm de medidas. Minha primeira vitória! E a luta só está começando! Simbora, #projetopensandomagro

Meta para meus 25 anos


Nessa coisa toda de ficar sem comer chocolate, de iniciar a corrida na esteira e ainda cuidar melhor da alimentação me faz querer estabelecer uma meta mais concreta. Em março eu faço 25 anos. Será que eu consigo chegar aos 60kg ou menos até lá? Digo isso contando com o aumento de massa magra também, né?! Aí..seria algo de 6 a 7kg em 3 meses. Hum…vou tentar!!! Afinal, foi 1kg a menos em menos de duas semanas…acho que dá sim!! Tenho que ter é MUITA disciplina.

Vamos à luta! Vou continuar com a Herbalife (me sinto bem com o shake, thermojects e o multivitaminas), mais comida saudável, litros de água e frutas..quem me acompanha?