3ª semana de malhação


Olha que só que beleza: a minha terceira semana de malhação começou no domingo! Haja disposição, né? Tive que acordar cedo para levar a coleta 24 horas de urina e acabei resolvendo ir para a esteira. O esquema foi um pouco diferente porque eu estava cansada:

1) 500 metros caminhando a 6 km/h
2) 1k correndo a 7km/h
3) 500 metros caminhando a 6 km/h
4) 1 k correndo a 7,2 km/h
5)500 metros caminhando a 6 km/h
6) 1 k correndo a 7,4 km/h
7) 500 metros caminhando a 6 km/h e depois fui diminuindo a velocidade porque não gosto de parar a esteira de repente.

Meus 5 km foram percorridos em 42 minutos, três minutos a menos que no sábado.

Na segunda-feira eu quase me sabotei e não fui, mas tirei força de vontade olhando o resultado do exame. Então…a minha parte da esteira foi:

1) 500 metros a 6 km/h
2) 1 k a 7 km/h
3) 500 metros a 6 km/h
4) 1 k a 8km/h
5) 500 metros a 6km/h
6) 500 metros a 8,5 km/h
7) 500 metros a 8 km/h
8) 500 metros a 6km/h

Os 5k foram percorridos em 40’30”. Mas não parei com tudo, fui caminhando e diminuindo a velocidade até chegar nos 45 minutos.

Na terça-feira eu dispensei o spinning e quis correr de novo. Consegui correr mais 300 metros..fiquei muito feliz.

1) 500 m a 6 km/h
2) 1,5 k a 7 km/h
3) 500 m a 6km/h
4) 1 km a 7,4km/h
5) 500 m a 6 km/h
6) 700 m a 8 km/h

Percorri os 5k em 41 minutos, mas continuei de novo caminhando até chegar aos 50′. Detalhe que foram 3,2 km de corrida! uhuuuu

Na quarta me rendi à dança do ventre. Ainda estou bem travada, mas é um exercício que eu gosto muito. Depois, direto para a aula de pilates. Nada de corrida hoje…tem que ter uma pausa, né? Mas, acreditem ou não, eu saí quebrada. Sim, cheguei em casa com as pernas bambas  e exausta rs.

Na quinta resolvi ir para a esteira de novo. Dessa vez corri mais devagar, a 7 km/h e fiz uma série de 2km e outra de 1,5 km. Meus 5 km foram percorridos em 45 minutos. Vamos ver se depois eu consigo correr 2,5 km/h direto…

Na sexta eu resolvi não malhar. Não diria que foi uma auto-sabotagem, na verdade eu lembrei que é importante ter uma pausa para o corpo senão a chance de ter uma lesão é grande. Como eu só estava correndo na esteira, resolvi não correr. Foi estranho, confesso, mas tive que respeitar os meus limites. Mas daí no sábado, eu fui correr. Foram 3 k seguidos a 7km/h, descanso de 500 metros a 6km/h e um tiro de 1 k a 8,5 km/h. Foi cansativo, mas não estava mais tão esbaforida. Os 5 k foram em 40’30”.

A alimentação nessa semana foi muito difícil. “Naqueles dias” quase nada tem gosto bom, a não ser as guloseimas. Tentei me controlar, mas dei uma escorregada. Acho que isso acabou prejudicando o emagrecimento da semana, mas não me martirizo, só preciso ter mais foco.

A meta para semana que vem é continuar a corrida, ir no spinning pelo menos uma vez na semana e controlar a alimentação. Vamos que vamos!!!

Anúncios

De volta à malhação!


Iniciei 2012 empolgada para malhar. Ok, quase todo mundo que tem como resolução do ano emagrecer, começa a primeira semana com tudo!! hahaha A ideia é manter isso pelo ano inteiro.

O primeiro exercício do ano foi a minha não mais odiada corrida. É, vou explicar. Como eu não tinha fôlego algum, eu dizia odiar correr porque quase desmaiava toda vez que subia na esteira. Não que hoje eu seja uma maratonista, mas pelo menos já consigo trotar por um tempinho…Claro que estou intercalando com caminhada, mas o sonho é conseguir correr muito! A primeira meta é correr 5 km direto, sem parar. O máximo que consegui foi 1,5km! Tem muito chão ainda, mas sei que a prática vai me ajudar e muito.

Na terça-feira voltei a pedalar. Jesus do céu! Tinha esquecido que ficar muito tempo sem fazer spinning doeria a bunda! A falta de fôlego não era nada comparada à dor daquele banquinho. E olha que eu coloco aqueles bancos em gel para aliviar. A aula foi endurance, pedalar muito com variação de carga e ainda sentada. Foi legal. Cansa, mas a endorfina compensa. Com certeza. Depois disso, aquele alongamento para não sentir dor é fundamental.

Na quarta voltei ao Jump! Já tinha ouvido falar que podemos perder muitas calorias durante o exercício, mas quis ver isso na balança. Na academia, tem uma diferença de quase 2kg da balança de casa (não sei porque…mas acho que devo seguir a da academia por causa da avaliação física). Lá, antes da aula acusou 66,8kg. Pulei os 45 min com esforço, mas sem levantar muito os joelhos porque ainda não tenho tanta força. Transpirei demais. Depois da aula, me pesei e deu 66,4kg! Quase 0,5kg de água! Nossa…bem que poderia ser de gordura, né? Seria bem mais fácil emagrecer.

Depois veio o Pilates. Haja força no abdômen! Nossa senhora! Tudo você tem que usar a pança…sinto minha barriga mais dura (já faz uns 4 meses que faço), mesmo que tenha bastante gordura para queimar. Fora que a melhora no alongamento é sensacional. A primeira coisa que percebemos é isso…hoje eu já encosto nos pés. Há um ano, minhas mãos nem chegavam na canela. A meta é bater a cabeça no joelho!! hehe e vamos que vamos.

Na quinta de manhã resolvi correr de novo. Bem pouco, é claro. Corri apenas 5 minutos, mas 8,5 km/h…pra mim essa velocidade é um desafio ainda. Mas consegui mandar o ritmo. Depois dessa corrida leve, fui para o spinning novamente. A bunda ainda doía muito, mas consegui pedalar melhor. Foi aula que teve montanha, daí não judiou tanto de ficar sentada. Foi demais! E depois, o alongamento, claro!

Na sexta (hoje) fui correr de novo. E um novo recorde para a Livia: corri duas séries de 10 minutos a 7km/h sem parar! Nossa…que delícia. Em breve devo aumentar a velocidade ou o tempo e quem sabe correr em uma corrida de rua de 5 km!

Tenho cuidado da alimentação. Shake de manhã e a noite. Almoço e lanches leves e muita, mas muita água. Quero dar uma ênfase na parte aeróbica antes para depois entrar com a musculação de novo.

É isso aí. Tem uma semana para o exame de sangue! Espero ter bons resultados. Avaliação física, só no fim de janeiro.

Bom 2012 para todos com muito mais saúde! Gordinha nunca mais!

Papai Noel saudável


Desafio de Natal - Quality Life Na academia que eu frequento inventaram um desafio de Natal.  O máximo que você conseguia correr (em km) durante 40 minutos. Nunca fui fã de corrida, mas percebia que era raro encontrar (nunca vi pra falar a verdade) um corredor gordinho. Normalmente são bem magros e suas porcentagens de gordura são baixas. Resolvi me inscrever neste desafio por causa disso, ainda mais depois que minha endocrinonoligsta deu a dica de que a corrida é um dos exercícios que diminui mais rápido o nível de glicose e insulina no sangue. Aí não teve jeito, tive que tentar.

Tudo bem que não treinei como deveria, mas hoje já consigo ao menos trotar por alguns minutos na esteira. Aquela sensação de que vou morrer não existe mais, ainda bem. É difícil pra mim, muito. Não consigo correr o quanto gostaria, mas sei que isto é questão de tempo e prática.

Fiz o desafio. Na maior parte eu caminhei rápido..ainda não consegui correr por mais de 5 minutos, mas fiquei impressionada com um senhor de idade ao meu lado que correu 8,5km em 40 minutos. Impressionante! Me inspirou demais! Fora que a endorfina depois de um exercício puxado é muito boa.

Então…vou inserir mais a corrida no meu treino. Transpirar muito, pingar de tanto suar e sair com aquele sorriso no rosto. Ser igual ao Papai Noel da foto: malhar pra eliminar as gordurinhas! Yeah!

E, falando nisso…13 dias sem chocolate já! Yeah! Estou muito feliz! E algumas pessoas já notaram que estou emagrecendo..as calças TODAS precisam de cinto..que beleza!! Rumo à uma vida mais saudável! =)