Circuito das Estações – Primavera


 

DCIM104GOPRO

Antes da largada!

No último dia 14, participei da terceira etapa do Circuito das Estações Mizuno. Organizada pela O2, são 4 provas em um mesmo circuito, no caso, na região do estádio do Pacaembu em São Paulo.

Novamente percorri o circuito de 5 km e estava muito na esperança de completar abaixo dos 38 minutos, mas não foi possível. Me senti obrigada a andar na subida antes do 3º km e também um pouco quando ainda faltavam 700 metros para terminar.  Mas, se formos comparar a etapa inverno, eu melhorei! E muito!

No dia 1º junho fiz este percurso em 43’06” e desta vez:

certificado

Tem a última etapa em dezembro e a meta é completar a prova abaixo de 36 minutos. Será que vai? Só treinando para conseguir.

Eu sinceramente achei esta prova mais vazia que as outras edições.  Me senti mais confortável para correr, mas ainda preciso melhorar e muito a minha habilidade para correr com a gopro rs (tremo muito). O que eu mais gosto de participar das corridas de rua é que sei que o meu maior desafio sou eu mesma. Lutar contra a autossabotagem (dá vontade de desistir em todas as vésperas de prova), contra a preguiça de treinar…eu também aprendo a ouvir o meu corpo, prestar atenção em como estou respirando e percebendo que seguir em frente só depende de mim e mais ninguém. Por mais assustador que isso possa parecer, é bom poder vencer a si mesmo. É uma guerra difícil, às vezes perco algumas batalhas, às vezes venço, mas o importante é que nunca devo desistir.

foto1

Eu num momento bom de pique totalis

 

foto2

Pela minha cara de esgotada dá para perceber que não deu rs, mas fui até o fim e completei a prova.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Termino este post com (o tradicional?) vídeo da corrida.

[youtube:http://youtu.be/oTIff1SaASA%5D

Circuito das Estações – Etapa Inverno


Pré prova

O mês de junho não poderia ter iniciado melhor. Hoje foi a segunda prova do Circuito das Estações da Mizuno, etapa inverno, realizada na região do estádio do Pacaembu.

Fazia muito tempo que eu não treinava e eu sabia que teria que pegar leve. Foi super difícil acordar cedo, mas marido e eu fomos firmes e fortes. Chegando lá, sentimos que a prova estava menos “cheia” que a edição anterior e uma chuva, que começou com garoa, apertou e sumiu, de uma assustada, mas já que estávamos ali, iríamos até o fim.

A novidade desta vez é que levei a câmera para filmar o percurso e o resultado você pode ver agora, dá o play aí

O meu tempo oficial líquido foi um pouco abaixo de 44 minutos. Bem fraco, eu sei. Trotamos o percurso inteiro a uma velocidade média de 7,3 km/h. Tudo bem, o importante é que não andamos em nenhum momento.

Senti a organização desta etapa melhor. Os pelotões foram melhor divididos e não largou todo mundo ao mesmo tempo e isso evitou o que senti na hora prova: forçada a andar por falta de espaço.

Correr ao lado do marido é uma das melhores sensações do mundo. Fiquei muito feliz que ele quis ir no meu ritmo. Diria que hoje foi praticamente um treino regenerativo e, quem sabe, não me dá forças para voltar ao foco?!

 

Melhor companhia, impossível Medalha

Certificado

Circuito das Estações Mizuno – Outuno


No último dia 16 de março eu participei da primeira corrida do pacote Running Pass da O2 corrida (saiba sobre o Kit aqui). Foi a Circuito das Estações Mizuno, etapa Outono.

Esta foi a primeira das quatro provas do circuito. O percurso é o mesmo e achei que seria interessante porque daí vemos a nossa evolução na corrida mesmo a cada dois meses. O kit é lindo de viver:

1kit_basico

Camiseta de Poliamida, mochila de pano, toalha de rosto, lata personalizada e a medalha.

Pontos positivos do kit: veio bem recheado e podia retirar em mais de um dia.
Pontos negativos do kit: o chip da corrida é retirado apenas no dia da prova e a camiseta solta uma tinta lascada na hora de lavar.

Mas vamos falar agora da prova:

Eu já havia corrido em algumas ali na região do Estádio do Pacaembu: Circuito do Sol e a Meia Maratona de São Paulo, mas nunca vi uma prova tão lotada quanto esta. Lotada de tendas de corrida e lotada de gente. Mas tipo, lotada mesmo!

Fui querer respeitar o meu setor (verde, o penúltimo) e me lasquei. Muita gente andando em batalhões e tinha vários momentos que  a pista era apenas uma faixa de carros e você se sentia forçado a andar porque nem dava para escapar pelas calçadas. Infelizmente, não foi uma prova que pude testar o meu tempo por causa das pessoas andando. Fiquei muito decepcionada. Aquele povo lá que bate palmas pra te animar bem que tinha que orientar quem quisesse andar a ficar na direita, igual deveria acontecer com carros.  Para completar o pânico, quando encerrei a prova, estava a maior muvuca do mundo para retirar a medalha. Uma fila gigante e quase sem orientação.  E todo mundo parado! As frutas estavam horríveis de feias e nem tive coragem de pegar. Água, praticamente sem gelo porque não davam conta de repor e gelar a tempo.

É uma prova relativamente cara e pelo que andei pesquisando a cada ano está mais lotada. Pelo que andei lendo estava mais calmo para correr os 10k (fui na de 5). E já me avisaram: se prepare que todas são assim.

O que vou fazer? Vou chegar muito cedo na próxima prova e largar atrás do pelotão e corro pela direita. Aí os melhores me passam, mas não sou atrapalhada por quem quer andar.

Se você está lendo este post e nunca correu, uma dica: vai, amigo. Mas se sentir a necessidade de andar, fique na direita. Não atrapalhe os outros.

O meu tempo oficial foi este abaixo. Mas sei que eu era capaz de ter completado abaixo de 36 minutos.

outono

 

 

IMG-20140316-WA0000

Marido e eu pós-prova

A minha próxima corrida é a Night Run, dia 12/4 e espero que seja mais tranquila do que esta.

Diário da RA – Dia #35


Olá, depois de ter engordado algumas gramas, fiquei um pouco neurótica e desanimada. Com “medo” de comer besteira e sem ânimo para malhar. O desânimo para academia apareceu porque não consegui levantar cedo e de noite ela é muito cheia e não gosto muito de ter que ficar dividindo aparelho (por vergonha e não por egoísmo).

Data: 06.02.14
Café da manhã: repeteco de ontem.
Almoço: Salada caesar com uma empada de frango com requeijão
Jantar: panqueca proteica com geleia.
Lanches: 1 pêra, 1 pêssego, 1 capuccino, 1 danone.
Água: 1,8 litros. Aumentar muito!!!!!

Diário da RA – Dia #33


Olá, desculpem a postagem demorada, mas segue o 33º da reeducação alimentar.

Data: 4.2.2014

Café da manhã:
Shake Herbalife sabor baunilha com leite desnatado.

Almoço:
Salmão grelhado, arroz, alface e cenoura

Pré-treino: duas pêras
Pós- treino: Herbalife Rebuild 24 horas Strenght

Jantar:
Panqueca proteica (que ainda grudou na panela) com ovo, banana e geleia.

Água: 2,5 litros.

Jacada do dia: pão francês na chapa.

Diário da RA – Dia #30


E chegamos ao trigésimo dia da reeducação alimentar. E janeiro acaba hoje! Eita, mês longo viu?!!  E hoje também é o último dia do desafio 10 dias sem pão!

Mas…vamos lá:

Data: 31.01.14

Café da manhã: Shake de Baunilha da Herbalife com leite desnatado.
Almoço: 1 temaki hot roll
Pré-treino: 1 enroladinho de requeijão e 1 BCAA
Pós-treino + jantar: Herbalife Rebuild Strenght com água e uma tapioca com requeijão, peito de peru e  muçarela.
Lanches:1 enroladinho de presunto e queinjo
Água: 2,8 litros.

Diário da RA – Dia #28


E amanhã é dia de pesagem! Ai que medo….acho que foi isso que me deu coragem de pular da cama de novo às 5h da manhã e ir malhar!

Data: 29.01.14

Pré-treino: granola com banana e leite desnatado. 1 BCAA
Pós-treino + Café da manhã: Shake de baunilha da Herbalife, batido com o Herbalife Rebuild Strenght no leite desnatado.
Almoço: alface, almeirão, beterraba, cenoura, pepino, queijo branco, arroz e dois ovos cozidos.
Jantar: shake de baunilha com leite desnatado.
Lanches: melão, banana, uma barrinha de castanha, uma barra de cereal.
Água:2 litros.

Diário da RA – Dia #27


Nem acreditei que consegui levantar cedo para ir para academia. Fiquei super feliz rs

Data: 28.01.14

Pré treino: Granola com banana e leite desnatado (como ainda estou no desafio 10 dias sem pão, nada de pãozinho…). 1 BCAA

Pós Treino + Café da manhã: Shake de Baunilha da Herbalife + Herbalife Rebuild Strenght com leite desnatado.

Almoço: o mesmo de ontem.

Jantar: Shake de baunilha, leite desnatado e uma banana congelada.

Lanches: 1 enroladinho de presunto e queijo (fuen), uma banana e um cappuccino sem açúcar.

Água: 2,250 litros.

Diário da RA – Dia #26


E falta pouco para completar 30 dias….30 dias…como se arrastaram….mas vamos lá!

Data: 27.01.14
Café da manhã: Granola com banana congelada + leite desnatado.

Almoço: Alface, agrião, cenoura e beterraba raladas, pepino, arroz e frango grelhado.

Pré treino: um pedaço de bolo de laranja caseiro e suco de morango sem açúcar.

Pós-treino + jantar: Shake de baunilha da Herbalife + Herbalife Rebuild Strenght + 1 banana com leite desanatado.

Lanche:
1 água de côco, 1 banana

Água: 2 litros. Aumentar!

Diário da RA – Dia #23


Olá…depois de dois dias sem ir à academia (que pouca vergonha, dona Lívia) hoje foi dia!

Pré-treino: granola com leite desnatado e banana.

Pós- Treino: Herbalife Rebuild 24 hours Strenght com leite desnatado.

Almoço:
Omelete com queijo branco e arroz branco.

Jantar: novamente externa com a rádio. E dei uma abusada, comi pastel e batata frita…mas dentro das calorias do dia!

Água: 2 litros

Diário da RA – Dia #22


Não é porque hoje foi dia de pesagem e a balança apontou um peso menor que eu tive menos vontade de comer as coisas. De verdade, a cada dia eu me pergunto quando que a reeducação alimentar fica fácil. O mais difícil de tudo é pensar magro. Dá vontade de comer tudo, mas tenho que pensar na minha saúde.

Mas chega de blá blá e vamos ao diário.

Data: 23.01.14

Café da manhã: Shake de chocolate cremoso da Herbalife com leite desnatado + um danone com chia.

Almoço:
Salada Caeser sem croutons (por causa do desafio 10 dias sem pão). Aí caí na tentação: comi um pedaço de bolo de banana caseiro. Sim, estava uma delícia rs.

Jantar:shake no leite desnatado.

Lanches:
Salada de Frutas, Granola com banana (trouxe de casa) e 6 bolachas Nesfit.

Água: quase 3 litros.

Vida saudável – Semana #3


Minha nossa, como demorou para chegar neste dia. Parece que levou uma eternidade. Tive que lidar com a minha ansiedade de uma forma que nunca lidei antes: tentando ignorá-la rs.

Para quem está chegando agora, eu comecei a reeducação alimentar no dia 2 de janeiro. E como era uma quinta-feira, este foi o dia escolhido como pesagem oficial. (Veja a semana #1 e a semana #2).

É muito difícil aceitar que cada organismo reage de uma forma. Tem gente que consegue emagrecer numa velocidade impressionante e, é claro, comigo a coisa é mais devagar. (pelo menos eu sinto isso).

A balança está diminuindo, sim, mas claro que gostaria que fosse numa maior velocidade rs…

Vamos ao resultado?

2014-01-02 09.09.21

Peso inicial em 02/01/14
Peso: 70,3 kg em 09/01/2014

Peso: 70,3 kg em 09/01/2014

2014-01-16 05.37.23

Peso em 16/01/14

 

Peso em 23/01/14

Peso em 23/01/14

 

É isso aí! Foram 200 gr só da segunda para a terceira semana. Espero aumentar esta quantidade e não diminuir mais. Se for de 200 em 200 até sair do sobrepeso, significa que no meu aniversário (março) estarei na faixa de peso normal.  (fiquei animada agora!) Bora lá. Foco, foco, foco! Até agora foram 1,6 kg. Faltam 14,7 kg para a meta final! Bora!

Quer saber o que tenho feito? Acompanhe aqui.

Diário da RA – Dia #21


Amanhã é dia de pesagem oficial e imagine se não estou ansiosa? MUITO! Tipo, MUITO! Tanta ansiedade que até comentei com uma amiga que nunca um mês se arrastou tanto quanto janeiro. Impressionante, quando não estava fazendo reeducação alimentar, nem via  o tempo passar. Agora que procuro comer a cada 3 horas e ainda pensar no que irei ingerir, tudo é muito arrastado. Dá desespero!!!

Vamos ao diário?

Data: 22.01.2014
Café da manhã: Shake de chocolate da Herbalife, leite desnatado e uma colher de sobremesa de chia. 400 ml de NRG da Herbalife.

Almoço: sopa detox e frango grelhado (pra desinchar mesmo rs)

Jantar: shake de chocolate da Herbalife com leite desnatado.

Lanches:
5 bolachas nesfit de leite e mel, 1pêra, 1 pêssego e 1 ameixa. E bolacha belvita (jaca). Hoje também foi o chocolate da semana.

Água: 2, 5 litros.

Saldo: muito acima 😦

Diário da RA – Dia #20


Minha nossa! Um mês nunca demorou tanto para passar rs…acho que é a ansiedade de tirar as medidas e ver quanto fui capaz de eliminar durante 30 dias. rs rs

A cada dia, parece que o desafio aumenta, sabe? As vontades começam a cutucar a gula e tenho que me segurar muito para não desandar.

Data: 21.01.14

Café da manhã: Shake de chocolate cremoso da Herbalife + Leite desnatado com chia

Almoço: alface, cenoura crua ralada, croutons, peito de peru defumado e queijo branco.

Pré  treino: sanduiche de peito de peru com queijo branco.

Pós treino + jantar: shake de chocolate com herbalife 24 houra rebuild Strenght.

Lanche: baguete com requeijão do Rei do Mate (jaca) + Suco de morango com água sem açúcar.

Diário de RA – Dia #19


Olá,

Segunda-feira, dia universal da dieta…rs rs

Vamos lá:

Data: 20.01.14

Pré-treino:
Granola com leite e 400 ml de NRG.

Pós-treino + Café da manhã: Herbalife 24 hours Rebuild Strenght + Shake de chocolate cremoso no leite desnatado.

Almoço:
Arroz, pepino, beterraba, frango grelhado, um pedaço pequeno de torta, um minusculo pastel e uma mini coxinha (ixi). Sobremesa: Frozen yorgurt de morango.

Lanche: 1 pão de queijo

Jantar: alface, milho, arroz 7 grãos e frango grelhado. Sobremesa: melão.

Água: 2, 5 litros.

Diário da RA – dia #18


Olá!

Domingão e eu resolvi tirar o dia off para relaxar em casa e (tentar) fazer as minhas próprias unhas rs rs

data: 19.01.2014
Café da manhã: shake de chocolate cremoso batido com linhaça no leite desnatado, mais 400 ml de NRG da Herbalife.

Almoço: Hambúrguer grelhado, 1 ovo cozido e um pouco de macarrão parafuso.

Jantar: 1 pizza 4 queijos.

Lanches: uma banana pequena congelada e pipoca (quase sem olho e sal para matar a vontade).

Água: 1, 5l

 

Diário da RA – Dia#15


Olá! Já estou no 15º dia de reeducação alimentar e ainda não está fácil. Dá vontade de sair comendo de tudo. Mc donalds, chocolate, salgado…milhões de coisas! Mas, se me propus pela xxxxxx vez a me reeducar, preciso parar com estes pensamentos sabotadores. (Já leu os 10 mandamentos da dieta?).

A queda na balança anima sim, mas sei que a caminhada ainda é longa. Tenho que ter forças para não desistir (de novo) no meio do caminho.

Data: 16.01.14
Pré treino: granola com leite desnatado e banana. 1 BCAA

Pós treino + café da manhã: Shake de chocolate cremoso + Rebuild Strenght sabor chocolate, ambos da Herbalife, batidos no leite desnatado. Gente…mais gostoso que nescau, viu?!

Almoço:
Salada Caeser

Jantar:
Shake de chocolate cremoso da herbalife + leite desnatado.

Lanches:
1 pão de queijo integral
1 sanduíche de peito de peru e queijo branco no pão integral.

 

SUFOCO DO DIA: Pizza pan grátis no trabalho. Trabalhei com o cheiro delicioso, mas me venci e NÃO COMI! Yeah!!!!!

pizza

Vida saudável – Semana #2


Na semana #1 tive um resultado que me deixou muito feliz. Nesta segunda semana, acho que dei umas escorregadas feias: muitas jacadas, pouca água e me deixei vencer em alguns momentos pelo sono. E isso está errado. A minha luta tem que ser diária, com muito foco.

Mas…vamos ao resultado

2014-01-02 09.09.21

Foto tirada dia 02/01. Peso inicial da reeducação alimentar: 71,3 kg

Peso: 70,3 kg em 09/01/2014

Peso: 69,9 kg. Foto tirada dia 16.01.14

Foram 400 gr a menos na balança em uma semana. Um total de – 1,4kg. Para sair da faixa do sobrepeso faltam 7,9 kg. Força, foco e fé que vem dar certo!

Rumo à semana #3

Diário da RA – Dia#14


O dia oficial da pesagem é amanhã e já estou ansiosa rs…

O que estou gostando de postar aqui é que não tem jeito de comer o que escondi. (aliás, esconder o que comi rs) E pensando nos pequenos abusos que ando fazendo já estou sentindo que o resultado na semana #2 não será tão incrível quanto a semana #1.

Data: 15.01.14

Café da manhã:
400 ml de NRG + 400 ml de Thermojects da Herbalife
1 colher de sopa de chia + shake de morango da herbalife batido em 250 ml de leite desnatado.

Almoço:
Sopa detox com frango grelhado.
almoço

Pré-treino:
Peito de peru e queijo branco no pão integral. 1 BCAA

Pós-treino + jantar
Herbalife 24 hours Rebuild Strenght + Shake de morango cremoso da Herbalife com leite desnatado.
pós treino

Lanche:
Uma fatia grande de melancia.

melancia

Água: 2,5 litros

10 mandamentos para permanecer firme na dieta


Li isso no grupo #pensandomagro do Facebook e tive que compartilhar!

10 mandamentos para permanecer firme na dieta:

1 – Não contarás a ninguém.

Fale menos sobre sua dieta e faça mais! Algumas pessoas encontram “consolo” no fracasso alheio e inconscientemente torcem contra, outras pessoas simplesmente não tem nada para te oferecer de incentivo e na tentativa de auxiliar podem fazer comentários e observações que não irão acrescentar. Se decidir fazer dieta, simplesmente faça, planeje e se for pedir ajuda peça a quem realmente pode te ajudar, que gosta de você e torce para que dê certo. Uma boa opção são pessoas que já passaram e venceram os desafios.

2 – Não aceitarás guloseimas oferecidas por amigos e familiares:

Você não precisa aceitar tudo o que lhe oferecem. Saiba dizer “não obrigada!” e jamais diga “não posso, estou de dieta”; as pessoas tem uma tendência de te confortar dizendo: “imagina, só um pedacinho não vai te engordar” e é neste pedacinho que você pode iniciar um mar de desculpas e se desviar dos planos alimentares.

3 – Fugirás dos pensamentos sabotadores.

Evite os pensamentos sabotadores e procrastinadores, do tipo “só hoje”, “só um pedacinho”, “amanhã eu começo a dieta”, “não tem problema comer isso”, “segunda-feira eu começo”, “amanhã compenso isso”. Seja firme e não volte atrás em suas decisões,por isso pense bem antes de estabelecer metas muito duras.

4 – Priorizarás o seu tempo.

“Não tenho tempo” não é desculpa para não seguir a dieta. Tempo é uma questão de prioridade. Pode ser difícil, mas não é impossível. Lembre-se: nenhuma vitória cai na cabeça de ninguém, todas elas exigem um certo investimento de tempo e planejamento. Planeje seu dia, suas refeições, tenha sempre uma garrafinha com água, um lanche saudável na bolsa.

5 – Afastarás dos seus olhos todas as tentações.

Se você não quer cair em tentação, não tenha “gordices” em casa, ao alcance da mão, encha a geladeira e os armários com opções saudáveis, o velho golpe de”comprei para as crianças” que você sempre cai não pode mais te derrubar, pare de dizer que compra para os outros quando é você quem come. Não faça para os outros aquilo que você não pode comer. O que os olhos não veem…

6 – Não desistirás.

Tenha em mente que você está reeducando sua alimentação, transformando hábitos; não está prisioneira de uma dieta.É um processo e mudar leva tempo, as vezes dói, porém dói mais ainda permanecer do jeito que está. Seja persistente. Lembre-se: se você quer a vitória, é preciso fazer algo que nunca fez e ir além de onde a maioria vai.

7 – Manterás o foco nas atitudes que te aproximam da tua meta.

Avalie o seu dia e tenha uma . Quanto mais você ficar maquinando que enfiou o pé a jaca no domingo, que comeu demais no aniversário ou exagerou no almoço, menos ânimo e força de vontade você terá para continuar. Foque nas pequenas mudanças e atitudes positivas!

8 – Não cobiçarás a dieta do próximo.

O que é bom pra um, pode não ser bom para outro. Uma dieta saudável não é receita de bolo, que qualquer pessoa faz e dá certo. Cada indivíduo tem as suas particularidades, perfil alimentar, preferências. Não se engane só porque o outro está tendo resultado com tal dieta.

9 – Evitarás propagandas enganosas e produtos milagrosos.

Não existe mágica. O peso que você perde rápido, tão rápido irá recuperar. Lembre-se: o emagrecimento saudável é um processo lento, porém, duradouro.

10 – Beberás bastante água entre as refeições.

A água é tudo, afinal, ela faz parte da nossa composição corporal. Diurético natural, precisamos dela para eliminar as toxinas do organismo.

Metas de ano novo #17 Correr em algum parque ao menos 8 vezes no ano.


E para inaugurar mais uma das metas de 2014, domingo agora fui com o marido e meus padrinhos/afilhados de casamento correr lá no Parque Villa Lobos.

A ideia surgiu no sábado. Amor e eu em casa, ele estudando para a segunda fase da OAB, e eu na miss faxina, estávamos pensando em uma atividade que pudéssemos encontrar nossos amigos sem gastar e ainda gastar umas calorias. Daí veio a ideia:

Sair de casa no domingo às 7h e ir direto para o parque Villa Lobos correr.

Fiquei super feliz que eles toparam, ainda mais a minha comadre que nunca correu.

Quando foi domingo, às 07h05, toca a campainha de casa e vejo os dois prontinhos. Como foi bom!

correr

O marido não saiu na foto porque foi ele quem tirou.
Em breve um post falando destes produtos.

Antes de correr, comemos granola com leite desnatado e banana e bora pro parque.

Chegamos lá cedo, o tempo ajudou muito, tava aquele nublado meio que vai chover e não chove e achamos vaga rapidinho. Nos alongamos e os boys foram lá bater seus 10k e eu, fui com a comadre para a pista de 2.150 metros fazer um treino simples, mas divertido.

Combinamos de caminhar 100m e correr 100m. Só para ela ir se acostumando. O bacana da pista é que tem a marcação no chão e eu ficava: Vai, corre…já to vendo a marcação!

Foi bem legal! Fizemos um pouco mais de 3 km e depois me joguei na água de coco.

Gostei muito. É muito bom correr no parque. Quero muito bater esta meta, na verdade, eu quero ultrapassá-la. O jeito é me organizar e fazer uma forcinha para acordar cedo aos domingos.

Diário da RA – Dia#9


Olá, tem gente que diz que a cada dia a reeducação alimentar vai ficando mais fácil, mas de verdade, acho que ainda estou na fase hardcore onde dá vontade de comer tudinho que vejo pela frente. É uma luta constante dentro de mim para não comer besteira e me regrar na atividade física.

A luta é tão grande que hoje perdi a hora e o treino e tive que deixar para de noite, horário que a academia fica lotada e tem que dividir aparelho (fuen).

Data: 10.01.2014

Café da manhã:
400 ml de NRG da Herbalife + 250 ml de leite desnatado batido com shake da Herbalife de morango e uma colher de sopa de chia.
Jaca: cheguei na rádio e comi um pão de queijo. Fuen!

Almoço:
Duas fatias finas de picanha sem gordura, muita rúcula, alface, dois sticks de cenoura cozida, dois sticks de beterraba cozida, meia bola de mussarela de búfala, um ovinho de cordona, um mini pão de alho, queijo coalho (não resisti), um batonete de kani e casquinha mista da gelateria parmalat (jaca). O prato pesou 290 g. Vou confessar que me “liberei” um pouco pra me forçar a correr à noite…(ridícula eu, eu sei)

Seria mais bonito se não houvesse o queijo e o pão...

Seria mais bonito se não houvesse o queijo e o pão…

Pré-Treino:
Sanduíche de peito de peru com queijo branco no pão de forma integral  e BCAA

Pós treino e jantar:
Whey + shake de morango herbalife com leite desnatado.

Água: 2,25 litros. Preciso aumentar esta quantidade…

Vida saudável – Semana #1


Olá!
No dia 2 de janeiro eu (re)iniciei o meu projeto pensando magro (projeto mimis, projeto verão 2015, não mais fat e tantos outros rs) com 71,3 kg. Fui postando aqui os meus diários de RA e os exercícios apenas no aplicativo RunStatic.

Resumidamente, malhei 5 dias nestes 7 dias que passaram. A minha meta de ano era de malhar pelo menos 3x na semana, mas estou procurando aumentar este número para ter resultados mais rápidos. Vou confessar que não é fácil, NÃO MESMO! A gula começa a apertar e a vontade de comer coisas gordas cresce demais e tenho que me segurar para não jacar todos os dias. Aliás, foi por não ter me segurado que nunca emagreci o precisava. Mas vamos lá, estou tentando me manter firme.

E o resultado na balança, Lívia?

Data da foto: 02.01.2014, pela manhã.

Fui de 71,3 kg para

Peso: 70,3 kg em 09/01/2014

Peso: 70,3 kg em 09/01/2014

– 1 kg em uma semana. Olha, eu acho que foi muito bom rs…tendo em vista que uma vez uma nutricionista me disse que emagrecer saudável é 2 kg por mês. É isso aí!

Tudo bem que eu estava numa alimentação terrível antes de iniciar a RA, mas…vamos com foco, força e fé. Simbora!

Diário da RA – Dia#4


Em quase todas as dietas que tenho feito, eu fazia a besteira de acreditar que domingo era o dia livre. Bobinha, né? Já fui em várias nutricionistas e todas me diziam a mesma coisa: escolha uma refeição (refeição e não dia) para comer o que quiser.

Este domingo, especialmente, foi dia de almoçar na casa da mamis e quem a conhece, sabe que ela cozinha maravilhas, tanto saudáveis quanto engordativas. Como será que me saí? Lembrando que hoje foi dia off de academia (vixi)

Data: 05.01.2014

Café da manhã:
400 ml de NRG da Herbalife, + 1 tablete de multivitaminas + 1 tablete de Fiber & Herb.

Almoço:
Churrasco! Vixiiii…..foi muito difícil. Mas comi alface, macarrão bifun, queijo coalho e pão com alho. E picanha, sem gordura.

De sobremesa: salada de frutas. Hoje eu me venci. Na madrugada, um amigo fez aniversário e acabei comendo um pedaço de bolo, então minha cota de doce e chocolate já havia terminado.
Para a abertura minha luta, mamãe fez um doce que há anos não fazia: pavé de sonho de valsa e ouro branco.

Minha nossa!!!!!! Eu babei naquilo, mas consegui dizer não. Claro que a família riu, mas confesso que quase caiu uma lágrima rs… Eu me senti muito bem, sabe? De ter me vencido..que seja assim sempre.

Jantar:
Quase nem jantei, mas pensei nos nutrientes e bati o shake com leite desnatado.

Lanches:
Duas fatias de melão

Jaca do dia:
1 pedaço de bolo da sodiê (me arrependi porque não estava assim tão bom rs)

E como foi o seu domingo?

Pós – Natal


Olá, já tentando cumprir a meta #12 Atualizar o blog toda semana, cá estou eu!

Hoje eu quero falar daquela sensação pós Natal. Para quem está na luta contra a balança o Natal pode ser a jacada-mor da vida. Tem tanta coisa pra comer que a gente normalmente sai rolando. Neste ano, eu comecei a prestar a atenção no que eu estava colocando no prato e também dando aquela conferida no prato dos outros. Não querendo ser enxerida, mas eu sempre acho que como demais e queria comparar aos outros pra ver se eu sou realmente um saco sem fundo.

E sabe que isso ajudou? Comi menos. Beeeem menos. Obviamente que não foi a refeição saudável porque me permiti comer arroz com batata e ainda dei espaço para a sobremesa, mas segui uma orientação da época em que ia à nutricionista: se for comer alimentos fora da sua dieta, maneire na quantidade. E foi o que fiz. Não repeti o prato, comi aquela quantidade que me dispus, comi pouca sobremesa e deixei o refrigerante de lado. Ponto pra mim! Foi tanta evolução que de noite eu até senti fome rs… Digo isso porque normalmente a gente come tanto que não tem fome por dois dias depois do Natal, rs.

O jantar foi outra jacada. Fui em uma hamburgueria com o marido,mas não ataquei o prato de batata frita rs….vamos melhorando aos poucos, né?

O mais divertido de tudo isso, além de passar um tempo com a família e dar boas risadas, é acompanhar as brincadeiras nas redes sociais como a imagem abaixo.

É isso aí! Agora é voltar ao foco e às atividades!

Imagem

4ª semana!


Minha quarta semana de malhação começou no domingo! Desci de manhã para a esteira e fiz os meus 5k em 38’20”.
500 m – 6 km/h
1,5 km – 7,4 km/h
500 m – 6,4km/h
500 m – 7,4 km/h
1,0 km – 8 km/h
700 m – 7,4 km/h
300 m – 7 km/h

Segunda-feira
Pique total na segunda de manhã. Fiz meus 5k em 38’15”. Aeee….5 segundos a menos hehehe
500 m – 6km/h
1k – 7,4 km/h
400 m – 6,4 km/h
1,1 km – 7,6 km/h
300 m – 6,4 km/h
1,2 k – 7,8 km/h
300 m – 8,4 km/h
200 m – 9,0 km/h

O almoço foi lindíssimo: muita salada, arroz integral com grãos, frango e couve! Nham…bate aquele desespero por comer besteiras, mas tenho que me segurar. De noite, fui à uma palestra sobre o Hitchcock para ajudar no meu TCC.

Terça-feira
Foi muito difícil encontrar ânimo para levantar da cama e ir correr. Estava cansada, tinha ido dormir tarde, mas a consciência pesou. Levantei, tirando forças do estômago, vesti minha roupa e fui para a esteira. Nela eu realmente percebi que estava exausta e fiz meus 5k em 38’50”. Foi super difícil. Fiquei esbaforida o tempo inteiro e transpirava pra caramba. Fiz assim:
500 m – 6km/h
1 k – 7,6 km/h
500 m – 6,4 km/h
1 k – 7,4 km/h
500 m – 6,4 km/h
1 k – 7,4 km/h
500 m  -9 km/h

A alimentação também foi muito bem cuidada!

Quarta-feira
Me dei de descanso da corrida porque ontem senti dores nas pernas. Então, bora dar um descanso para o músculo, mas não para a alimentação.

Quinta-feira
Acabei não indo correr também.

Sexta-feira
Com muito peso na consciência por ter me dado dois dias de descanso, parti para a esteira e bati mais um recorde pessoal. Fiz meus 5k em 37’40”.

500 m – 6 km/h
1 k – 7,4 km/h
500 m – 9 km/h
500 m – 6,4 km/h
1 k – 7, 4 km/h
500 m – 9 km/h
500 m – 6,4 km/h
300 m – 7,4 km/h
200 m – 6,6 km/h
100 m – 9,2 km/h

à noite tive festa na empresa e acabei comendo um pastel, um queijo coalho e ainda metade de fondue. É, eu sabia que ia acontecer rs

Sábado
Hoje fui apenas ao pilates porque minhas pernas doíam muito da corrida e por ter ficado muito tempo em pé ontem.