Correr no parque – 2º round


Opa….tô gostando que estou conseguindo cumprir algumas das minhas metas de 2014 e uma delas era correr em um parque ao menos 8 vezes. E nesse final de semana eu consegui mais uma vez!

A companhia: marido e padrinhos/afilhados de casamento.
O parque: era para ser o Villa Lobos, mas como estava tendo a prova da Track and Field estava impossível de chegar lá de carro, então fomos ao Ibirapuera.
O trajeto: Foi a primeira vez que fui lá com este objetivo. Antes sempre ficava largada na grama, ou andava de bike ou ia até no planetário. Fizemos o percurso lá de dentro e o nosso trajeto deu quase 6 km. Corremos 3km e andamos o restante.  Estou gostando de ver que a comadre emagreceu horrores e está curtindo a corrida =)

O tempo estava muito bom. Aquele friozinho típico do outono de manhã (fomos às 08h), sem som e sem chuva. Uma delícia. E, claro, teve a minha deliciosa água de coco depois.

O nosso pré-treino foi tapioca com mussarela e pós treino, o Herbalife Rebuild Strengh 24 horas.

Para encerrar o post, nós tentamos fazer a famosa foto #selfie, mas uma moça muito gentil se ofereceu para bater a foto 😉 20140323_094617

Anúncios

Circuito das Estações Mizuno – Outuno


No último dia 16 de março eu participei da primeira corrida do pacote Running Pass da O2 corrida (saiba sobre o Kit aqui). Foi a Circuito das Estações Mizuno, etapa Outono.

Esta foi a primeira das quatro provas do circuito. O percurso é o mesmo e achei que seria interessante porque daí vemos a nossa evolução na corrida mesmo a cada dois meses. O kit é lindo de viver:

1kit_basico

Camiseta de Poliamida, mochila de pano, toalha de rosto, lata personalizada e a medalha.

Pontos positivos do kit: veio bem recheado e podia retirar em mais de um dia.
Pontos negativos do kit: o chip da corrida é retirado apenas no dia da prova e a camiseta solta uma tinta lascada na hora de lavar.

Mas vamos falar agora da prova:

Eu já havia corrido em algumas ali na região do Estádio do Pacaembu: Circuito do Sol e a Meia Maratona de São Paulo, mas nunca vi uma prova tão lotada quanto esta. Lotada de tendas de corrida e lotada de gente. Mas tipo, lotada mesmo!

Fui querer respeitar o meu setor (verde, o penúltimo) e me lasquei. Muita gente andando em batalhões e tinha vários momentos que  a pista era apenas uma faixa de carros e você se sentia forçado a andar porque nem dava para escapar pelas calçadas. Infelizmente, não foi uma prova que pude testar o meu tempo por causa das pessoas andando. Fiquei muito decepcionada. Aquele povo lá que bate palmas pra te animar bem que tinha que orientar quem quisesse andar a ficar na direita, igual deveria acontecer com carros.  Para completar o pânico, quando encerrei a prova, estava a maior muvuca do mundo para retirar a medalha. Uma fila gigante e quase sem orientação.  E todo mundo parado! As frutas estavam horríveis de feias e nem tive coragem de pegar. Água, praticamente sem gelo porque não davam conta de repor e gelar a tempo.

É uma prova relativamente cara e pelo que andei pesquisando a cada ano está mais lotada. Pelo que andei lendo estava mais calmo para correr os 10k (fui na de 5). E já me avisaram: se prepare que todas são assim.

O que vou fazer? Vou chegar muito cedo na próxima prova e largar atrás do pelotão e corro pela direita. Aí os melhores me passam, mas não sou atrapalhada por quem quer andar.

Se você está lendo este post e nunca correu, uma dica: vai, amigo. Mas se sentir a necessidade de andar, fique na direita. Não atrapalhe os outros.

O meu tempo oficial foi este abaixo. Mas sei que eu era capaz de ter completado abaixo de 36 minutos.

outono

 

 

IMG-20140316-WA0000

Marido e eu pós-prova

A minha próxima corrida é a Night Run, dia 12/4 e espero que seja mais tranquila do que esta.

Treinos de janeiro


Olá,

Uma das metas de ano novo era também anotar todos os treinos, sem pular um dia sequer. Eu uso um aplicativo e também site chamado Runstatic. Existem vários, mas este eu me encaixei bem. Além de registrar as nossas atividades físicas, ele é rede social e conversa com outro aplicativo/site que uso: myfitnesspal. Assim, cada vez que subo um treino, ele automaticamente atualiza as calorias gastas no site onde anoto o que como.

Claro que não levo ao pé da letra as calorias gastas porque a gente sabe que cada organismo é de uma forma, mas dá pra ter uma base. Segue abaixo o meu calendário de treinos. Lembrando que iniciei a reeducação alimentar no dia 2 de janeiro de 2014.

 

treinos janeiro

Resumindo: em 30 dias, deixei de treinar 11. Ora era dia off, era foi porque me atrapalhei e não deu tempo de treinar. Eu tenho sérios problemas em gostar de musculação, mas dividi (com a ajuda do marido) o meu treino assim:

Treino 1: Costas + Tríceps + Corrida
Treino 2: Pernas + glúteos
Treino 3: Peito + Bíceps + corrida
Treino 4: Pernas + glúteos (outros aparelhos e sequências)
Treino 5: Ombros + corrida
Treino 6: Pernas + glúteos

e vai repete…

Claro que o abdominal tem entrado quase todos os dias pra dar aquela fortalecida rs. Normalmente faço um aquecimento na bike de 5 a 15 minutos, vai depender do meu tempo para treinar.Fico, em média, 1h30 na academia. Teve dias que corri na rua e acabei deixando a musculação de lado. Juro que estou tentando me disciplinar, mas não é fácil.

E você, como divide o seu treino?

 

 

 

 

Diário da RA – Dia #30


E chegamos ao trigésimo dia da reeducação alimentar. E janeiro acaba hoje! Eita, mês longo viu?!!  E hoje também é o último dia do desafio 10 dias sem pão!

Mas…vamos lá:

Data: 31.01.14

Café da manhã: Shake de Baunilha da Herbalife com leite desnatado.
Almoço: 1 temaki hot roll
Pré-treino: 1 enroladinho de requeijão e 1 BCAA
Pós-treino + jantar: Herbalife Rebuild Strenght com água e uma tapioca com requeijão, peito de peru e  muçarela.
Lanches:1 enroladinho de presunto e queinjo
Água: 2,8 litros.

Metas de ano novo #17 Correr em algum parque ao menos 8 vezes no ano.


E para inaugurar mais uma das metas de 2014, domingo agora fui com o marido e meus padrinhos/afilhados de casamento correr lá no Parque Villa Lobos.

A ideia surgiu no sábado. Amor e eu em casa, ele estudando para a segunda fase da OAB, e eu na miss faxina, estávamos pensando em uma atividade que pudéssemos encontrar nossos amigos sem gastar e ainda gastar umas calorias. Daí veio a ideia:

Sair de casa no domingo às 7h e ir direto para o parque Villa Lobos correr.

Fiquei super feliz que eles toparam, ainda mais a minha comadre que nunca correu.

Quando foi domingo, às 07h05, toca a campainha de casa e vejo os dois prontinhos. Como foi bom!

correr

O marido não saiu na foto porque foi ele quem tirou.
Em breve um post falando destes produtos.

Antes de correr, comemos granola com leite desnatado e banana e bora pro parque.

Chegamos lá cedo, o tempo ajudou muito, tava aquele nublado meio que vai chover e não chove e achamos vaga rapidinho. Nos alongamos e os boys foram lá bater seus 10k e eu, fui com a comadre para a pista de 2.150 metros fazer um treino simples, mas divertido.

Combinamos de caminhar 100m e correr 100m. Só para ela ir se acostumando. O bacana da pista é que tem a marcação no chão e eu ficava: Vai, corre…já to vendo a marcação!

Foi bem legal! Fizemos um pouco mais de 3 km e depois me joguei na água de coco.

Gostei muito. É muito bom correr no parque. Quero muito bater esta meta, na verdade, eu quero ultrapassá-la. O jeito é me organizar e fazer uma forcinha para acordar cedo aos domingos.

4ª semana de malhação!


Olha só que beleza! Indo para a 4ª semana malhando. Na verdade eu deveria chamar de 4ª semana de corrida, né? Afinal tenho mais corrido na esteira do que feito outro tipo de exercício.

Mas vamos à esta semana. Resolvi descansar no domingo porque sábado eu corri exausta. Fiquei tranquila, descansando. Na segunda-feira eu ultrapassei meu limite: consegui correr 4, 5 k sem parar! Ou yeah! Tudo bem que 4 km foi a 7 km/h e apenas 500 metros finais eu dei o gás a 8,6km/h, mas me senti feliz por não ter feito nenhuma pausa no meio. Fiquei pouco cansada, a respiração está mais controlada e transpirei horrores. Nunca tinha reparado que poderia gotejar tanto suor do joelho. Só fui sentir a exaustão nos 500 metros finais, por isso não cheguei aos 5 ainda. Faltam poucos dias para a corrida e tenho esperança de que até lá eu esteja correndo bem melhor.

Terça e quarta eu fugi da esteira. Vergonha! E ainda comi muito! Meu emocional não estava lá essas coisas e me sabotei. Que feio. Na quinta-feira quis correr, mas nem consegui chegar aos 4,5 k! Cheguei aos 4 com muito esforço, a beira da exaustão. Caminhei o km final a 6km/h. Castigo veio a jato por ter faltado dois dias, né? ê laiá.

Na sexta-feira quis me castigar! hahaha tentei correr os 5 k em menos tempo e consegui: 38’50”!!! Fiz assim: 2k a 7km/h, 500 metros de caminhada e depois fui alternando 500 metros a 8,6km/h e 500 a 6km/h, mas os últimos 500 metros foram a 9km/h. Achei que ia desmaiar. Mas depois que acabou senti a linda endorfina circulando pelo o meu corpo.  Fiquei feliz

Sábado, hoje, eu não corri de dia. Não sei se terei pique para correr depois do trabalho, por isso nem vou contabilizar aqui.  Resumo da semana: fraca…tenho que correr aos menos 3 vezes para conseguir melhorar o tempo.

Ah! Comecei a tomar aquelas cápsulas de óleo de coco antes do almoço e jantar. A sensação é de estufamento, logo a barriga parece estar cheia quando você vai comer e fisicamente você esquece da fome, mas se não comer direito, pode sentir dor de cabeça. Vamos ver se isso tem resultado. 

Que a 5ª semana seja mais disciplinada (só depende de mim, eu sei) ainda mais que começo um curso extra que dura duas semanas. Vamos que vamos! Não comer as coisas gordas do coffee break e me manter na linha. Sei que consigo, só preciso de foco foco foco!